Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Cabrito Transmontano DOP

Cabrito Transmontano DOP

Descrição: A carne de Cabrito Transmontano DOP, obtida a partir de animais da raça Serrana, diferencia-se pela sua qualidade organolética, designadamente a palatibilidade, ternura e suculência. Comercialmente, apresenta-se em carcaças inteiras, metades, quartos ou qualquer porção, refrigerada ou congelada, obrigatoriamente acondicionada (exceto no caso das carcaças inteiras e metades) e rotulada.

Método de produção: A alimentação dos animais é efetuada sobretudo à base da vegetação espontânea existente nos baldios, incultos e pousios. Os cabritos são alimentados à base de leite materno, sendo abatidos ao desmame, que ocorre entre os 30 e os 90 dias de vida. A carcaça deverá pesar entre 4 e 9 kg.

Características particulares: A alta qualidade da carne do Cabrito Transmontano DOP está intimamente relacionada com a sua dieta variada e completamente natural. O leite das progenitoras é usado para produzir o Queijo de Cabra Transmontano DOP.

Área de produção: Ocupando cerca de 5610 km2, a área de produção do Cabrito Transmontano DOP engloba os concelhos de Mirandela, Macedo de Cavaleiros, Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Vila Flor, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada á Cinta, Mogadouro, Vimioso e parte do concelho de Bragança (distrito de Bragança), bem como os concelhos de Alijó, Valpaços e Murça (distrito de Vila Real).

História: A antiguidade da raça Serrana na região, bem como a sua perfeita adaptação às condições agroecológicas aí existentes, contribuíram para que o Cabrito Transmontano se evidenciasse e diferenciasse pela qualidade organolética da sua carne, estabelecendo se, ao longo dos tempos, como um dos referenciais maiores da gastronomia tradicional transmontana.

Marca de certificação
marca cabrito transm

Caderno de especificações (pdf)

Área geográfica

Agrupamento de produtores
CAPRISSERRA - Cooperativa de Produtores de Cabrito da Raça Serrana, CRL

Organismo de controlo e certificação
SATIVA - Desenvolvimento Rural, Lda

Publicações no Jornal Oficial da UE
Regulamento de Execução (UE) n.º 218/2013 da Comissão – L69/21 13.3.2013
Publicação de um pedido de alteração em conformidade com o artigo 6º, n.º2, do Regulamento (CE) nº 510/2006 do Conselho – C122/20 27.4.2012

Publicação em DR
Despacho n.º 7821/2011 – 30.05.2011
Aviso n.º 4313/2005 – 21.04.2005

Padrão da Raça Caprina Serrana: De acordo com o definido no Regulamento do Livro Genealógico, o caprino Serrano é um animal com as seguintes características:

Aspeto Geral — Estatura mediana, aptidão predominantemente leiteira. É uma cabra de estatura média, com uma altura de 64 cm na cernelha;
Pelagem — Pode ser preta, castanha e ruça, podendo apresentar coloração amarela em algumas regiões, sendo a única raça caprina autóctone de pelos compridos;
Cabeça — Grande, comprida, de perfil subcôncavo, frente ampla e ligeiramente abaulada; face triangular; chanfro largo, retilíneo e com depressão na união com o frontal, focinho fino; boca pequena e lábios finos; orelhas relativamente curtas e horizontais, cornos de secção triangular, rugosos, dirigidos para trás em forma de sabre, com hastes paralelas ou divergentes, ou ligeiramente dirigidas para trás, divergentes ou espiraladas;
Pescoço — Comprido, mal musculado, bordos retilíneos com ou sem brincos;
Tronco — Linha dorso-lombar quase direita ou ligeiramente oblíqua, dorsos e rins descarnados e retilíneos; garupa descaída, cauda curta e arrebitada. Tronco ligeiramente arqueado; abdómen desenvolvido;
Úbere — Bem desenvolvido, globoso, por vezes pendente de fundo de saco; tetos pequenos e cónicos dirigidos para a frente ou levemente para os lados;
Membros — Finos, resistentes, com unhas pequenas e rijas;
Peso vivo — adulto: Machos – 35 a 50 kg; Fêmeas – 25 a 40 kg.

(Ecotipos da Raça Caprina Serrana: Transmontano, Jarmelista, Ribatejano e da Serra)

Caprina Serrana Transmontano rd Caprina Serrana Jarmelista rd Caprina Serrana Ribatejano rd Caprina Serrana Serra rd
Ecotipo Transmontano Ecotipo Jarmelista Ecotipo Ribatejano Ecotipo da Serra

Fontes:
ANCRAS – Associação Nacional de Caprinicultores da Raça Serrana

Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV)